segunda-feira, 4 de março de 2013

O túmulo de S. Marcos em Braga?

Túmulo está colocado à direita da capela-mor
Há quem diga que é S. Marcos o evangelista. Há quem defenda ser S. João Marcos, discípulo de Cristo e evangelizador com S. Paulo e S. Barnabé, o mesmo que era proprietário da casa onde Cristo celebrou a Última Ceia e onde ocorreu o Pentecostes. Também se diz que os dois são a mesma pessoa. O certo é que existe em Braga, mais propriamente na igreja do Hospital, um túmulo atribuído a S. Marcos. Entretanto, a cidade italiana de Veneza também reivindica ter as reliquias do evangelista.
Ao que se sabe, as relíquias de S. João Marcos, foram trazidas para Braga pelo cavaleiro templário D. Gualdim Pais na segunda metade do século XII, no regresso de uma das suas cruzadas à Terra Santa. Desde então, as relíquias estiveram num túmulo de pedra na capela do Espírito Santo (que já não existe) até 1516, chegando a estar provisoriamente no convento dos Remédios. Depois,
passaram a estar na capela do Hospital batizado de “S. Marcos”.
Enquanto que outras cidades fazem gala das suas putativas reliquias, em Braga quase não se sabe que existe o túmulo de um dos autores dos Evangelhos.

1 comentário:

  1. O melhor é uma pessoa ater-se às informações dos Fastos:

    No tempo de D. Diogo de Sousa, foi encontrada no chão da ermida de S. Marcos uma sepultura com um ataúde, que o bispo mandou desenterrar e colocar num arccossólio construído para o efeito, na mesma capela.

    Por acção dos famosos Cronicões, foi-se divulgando a história/lenda de que se trataria das relíquias do próprio S. Marcos, evangelista e bispo de Atina. A fama foi crescendo com as notícias de serem operados muitos milagres por sua intercessão.

    Achando-se que o santo merecia condições mais dignas de veneração, no tempo de D. Rodrigo de Moura Teles foi encomendado a Roma um túmulo novo (na imagem), de jaspe com aplicações marmóreas coloridas, que foi colocado na vizinha capela do Hospital. As relíquias foram para aí transferidas, no dia 26 de Abril de 1718, rodeadas de enorme solenidade.

    ResponderEliminar